Anthony Gooch

OCDE

Anthony Gooch se incorporou à Organização de Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) em 2008 como responsável estratégico de relações exteriores, comunicação e divulgação. Dado o amplo espectro do trabalho da organização, isso implica relações com os interlocutores e atores que influem nas políticas públicas em nível mundial.

Algumas das estratégias de projeção que ele orquestrou incluem a revisão das normas fiscais internacionais com o G20, o desenvolvimento de padrões de referência mundial como PISA (Programme for International Student Assessment) em matéria de educação, a promoção de normas para uma conduta empresarial responsável e a luta contra a corrupção. Coordenou a estratégia de comunicação em torno aos processos de adesão de países à OCDE, como foi o caso do Chile e, atualmente, Colômbia e Costa Rica.

Igualmente, coordenou o processo de reflexão que culminou com a redefinição da missão da organização, colocando o bem-estar dos cidadãos no centro de seus esforços (“Melhores políticas para viver melhor”), assim como sua tradução em iniciativas inovadoras, como o Índice para viver melhor” (www.oecdbetterlifeindex.org), uma ferramenta interativa que permite aos cidadãos tomar consciência das áreas que possibilitam o seu bem-estar e expressar suas preferências, com mais de 9 milhões de acesso de mais de 180 países desde 2011.

América Latina foi um polo constante em seu trabalho, incluindo o desenvolvimento das versões em espanhol e português do Índice, e trabalhando com legisladores da região no marco da Rede Parlamentar Global da OCDE (www.oecd.org/parliamentarians), cujo trabalho ele dirige. Esteve estreitamente ligado ao processo de adesão do Chile à OCDE e com as discussões de adesão de Colômbia e Costa Rica. Em sua posição de Diretor do Foro da OCDE (www.oecd.org/forum), estabeleceu relações estratégicas com instituições prestigiosas como a Fundação Getúlio Vargas, do Brasil.

Anteriormente, Gooch trabalhou na Comissão Europeia por 13 anos. Dedicou grande parte desse tempo a cultivar relações entre a União Europeia (UE) e América Latina. Coordenou a equipe negociadora da UE para garantir um Acordo Global e um Tratado de Livre Comércio com México (1995-99) e esteve envolvido nas negociações para um Acordo com Chile e com Mercosul. Como porta-voz de Comércio y assessor especial de Pascal Lamy, então Comissário e Chefe negociador de Comércio da EU, desenvolveu um conhecimento detalhado do financiamento da Organização Mundial do Comércio (OMC), participando nos processos de adesão da China, no lançamento da Rodada Doha de Comércio e na estratégia para promover o desenvolvimento sustentável por meio da política comercial da UE. Posteriormente, esteve à frente do escritório de Mídia e Diplomacia Pública da Comissão em Estados Unidos e Reino Unido.

Foi professor visitante na Annenberg School da Universidade do Sul da Califórnia (2002-03) e é fellow de seu Centro de Diplomacia Pública. É, também, Vice-presidente da European Association of Communications Directors (EACD), membro do Comitê de Impulso de Cibecom e da Arthur W. Page Society.

Gooch tem pós-graduação em Ciências Políticas e Relações Internacionais na Sciences Po Paris e um mestrado em História Moderna pela Universidade de Cambridge. De mãe espanhola, é bilíngue em espanhol e inglês.

Pilar de Sustentabilidade

Ponencia: Modelo de sustentabilidade usados nas organizações.

Anthony Gooch, diretor de Relações Exteriores e Comunicação da OCDE, falará sobre os modelos de sustentabilidade usados em Instituições e Fundações no CIBECOM’2017

O próximo dia 6 de abril, durante a CIBECOM’2017, Anthony Gooch Gálvez, diretor de Relações Exteriores e Comunicação da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico, OCDE, participará da mesa: “Modelos de Sustentabilidade usados nas organizações”. Durante sua participação, Gooch destacará a importância da criação de modelos de sustentabilidade para alcançar um equilíbrio social, ambiental e econômico. Ele também falará da importância que têm os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.

A OCDE é um organismo que agrupa 35 países membros e sua missão é promover políticas que melhores o bem-estar econômico e social das pessoas ao redor do mundo. Oferece um foro onde os governos podem trabalhar em conjunto para compartilhar experiências e buscar soluções aos problemas comuns.

Etiquetas:

Este sitio web utiliza cookies propias y de terceros, para recopilar información con la finalidad de mejorar nuestros servicios, para mostrarle publicidad relacionada con sus preferencias, así como analizar sus hábitos de navegación. Si continua navegando, supone la aceptación de la instalación de las mismas. El usuario tiene la posibilidad de configurar su navegador pudiendo si así lo de sea, impedir que sean instaladas en su disco duro, aunque deberá tener en cuenta que dicha acción podrá ocasionar dificultades de navegación de la página web.

ACEPTAR
Aviso de cookies