Gustavo Castagnino, Círculo Dircoms, Argentina: “A geração de alianças pode trazer muitos benefícios…”

Gustavo Castagnino

Presidente

Círculo Dircoms

Argentino, estudou Relações Internacionais na Universidade do Salvador e y realizou uma pós-graduação na IAE-Business School.

Iniciou a sua carreira trabalhando nos Ministérios das Relações Exteriores e da Economia. Em 2003 começou a trabalhar na Mercedes-Benz Argentina, com o cargo de gestor de Relações Governamentais, passando posteriormente a diretor de Relações Institucionais.

Na atualidade

Desde 2014 lidera a Direção de Relações Institucionais, formando parte da Administração da Mercedes-Benz Argentina.

Integra a direção de diversas câmaras e associações empresariais, assim como de algumas ONG’s.

P: Qual é o benefício mais importante que pode trazer a criação de parcerias entre entidades públicas e privadas na reputação das organizações?

R: A criação de alianças pode trazer muitos benefícios como sejam o trabalho conjunto entre empresas, instituições académicas e organismos oficiais, por exemplo, no domínio da investigação. A associação a que presido, e que agrupa os diretores de comunicação da República Argentina, procura ser um parceiro de referência e influência para todos os assuntos respeitantes às relações institucionais corporativas e da comunicação em geral, e ainda criar sinergias com organismos públicos.

P: Qual é o principal desafio das organizações nas relações institucionais?

R: Temos todos um papel importante a desempenhar no desenvolvimento do país, cada um no seu lugar, contribuindo para tornar o nosso país melhor e podermos iniciar o caminho do desenvolvimento sustentável ao longo do tempo, para melhorar as condições de vida das pessoas e permitir que abandonemos algumas práticas que não são boas para o nosso país.

Estamos a começar um novo ano com muitas mudanças no país, temos um novo governo, um novo clima, e muitos desafios pela frente, onde a comunicação e o diálogo voltarão a ter um papel fundamental no nosso dia-a-dia. Atualmente as nossas tarefas nas organizações são acompanhadas por jornalistas, por políticos, por autoridades oficiais, por representantes de ONG’s e por académicos, com os quais interagimos diariamente para podermos comunicar, para podermos informar, para podermos ser a ligação entre a comunidade e as empresas.

P: Que benefícios tem o desenvolvimento associativo para os profissionais da comunicação?

R: Na DirComs – Associação Civil de Directores de Comunicação da República Argentina , estamos focados no objetivo de trabalhar para alcançar a excelência na comunicação empresarial. A associação numa estrutura profissional reforça o nosso papel na sociedade, incentiva-nos a melhorar e posiciona-nos de melhor forma nas nossas empresas.

P: Considera que o desenvolvimento sustentável de uma organização depende diretamente da sua reputação e transparência?

R: A reputação e a transparência são essenciais para o desenvolvimento sustentável de uma empresa, mas também deve haver uma consciência interna, em todas as áreas da empresa, para a temática do desenvolvimento sustentável, que não é mais uma postura “marketeira” mas sim uma forma de estar nos negócios.

P: Por que considera que uma cimeira como a CIBECOM é importante para o desenvolvimento atual e futuro de uma organização como o Círculo Dircoms (Argentina)?

R: É um encontro fundamental para nós, porque é uma referência para todos os profissionais de comunicação, onde estes se podem encontrar para trocar experiências, conhecer as novas tendências e gerar networking entre todos os profissionais ibero-americanos. Esta cimeira contribui para o fortalecimento da nossa profissão na América Latina e no posicionamento das nossas organizações profissionais perante os media, a comunidade académica e o mundo empresarial.

Este sitio web utiliza cookies propias y de terceros, para recopilar información con la finalidad de mejorar nuestros servicios, para mostrarle publicidad relacionada con sus preferencias, así como analizar sus hábitos de navegación. Si continua navegando, supone la aceptación de la instalación de las mismas. El usuario tiene la posibilidad de configurar su navegador pudiendo si así lo de sea, impedir que sean instaladas en su disco duro, aunque deberá tener en cuenta que dicha acción podrá ocasionar dificultades de navegación de la página web.

ACEPTAR
Aviso de cookies